Conheça mais sobre o colarinho do chopp e da cerveja! | Bar Zero Grau
Bar Zero Grau

Bar Zero Grau

Vamos falar sobre colarinho!

Você provavelmente já escutou do garçom na hora de pedir uma cerveja, a famosa pergunta: com ou sem colarinho? Para os leigos no assunto a pergunta pode parecer sem sentido, mas para os apreciadores de uma boa cerveja isso pode influenciar na hora de consumir a bebida.

O colarinho é um nome popular dado à espuma que se forma na superfície do copo, dependendo da forma que a cerveja é servida. Mas, além dessa definição, ainda fica a dúvida se o colarinho no final das contas é bom ou ruim ou se faz alguma diferença no sabor da bebida.

Um fato que é preciso entender é que toda cerveja forma espuma. O que muda é apenas a quantidade, que irá variar de acordo com o tipo da cerveja. Veja abaixo informações sobre a importância do colarinho, como ele se forma e algumas curiosidades

A importância do colarinho

O colarinho, ou apenas a espuma da superfície do copo, é formada pela ação do CO (gás carbônico) juntamente com as proteínas presentes na cerveja. Ao contrário do que se pensa, de que ele é dispensável, a espuma é muito importante para a experiência de degustação da cerveja, já que ajudar a mantêm o sabor e a temperatura da bebida no copo, pois atua como uma espécie de “tampa” de vedação do líquido, pois quando não há nenhuma espuma, o processo de oxidação da bebida se acelera, devido ao contato do líquido com o ar, perdendo assim características importantes, como o sabor de como ela realmente deve ser apreciada.

Mas, a maioria dos brasileiros possui o costume de pedir a cerveja ou o chopp sem colarinho, acreditando que assim estão saindo no lucro ganhando mais líquido. Entretanto, como já explicamos, a espuma faz parte do processo de degustação, assim você está perdendo parte da experiência em apreciar uma boa bebida.

Uma medida tomada por muitos bares, que desejam manter ao máximo o prazer e a experiência de tomar uma cerveja ou chopp, é a adoção de copos que possuem a marcação do limite do líquido, e do lugar em que deve se inicia a espuma. Com esta solução, você mantém o cliente satisfeito sabendo que está consumindo uma quantidade boa da bebida e mantém a experiência correta de degustação.

Assim, o colarinho serve como uma espécie de “embalagem”, “proteção” ou “tampa” para o seu chopp e cerveja, mantendo-o protegido e gelado por mais tempo.

E quando não tem colarinho?

Se mesmo solicitando ao garçom, a cerveja ou chopp não venha com um colarinho razoável, sugerimos atenção, alguma coisa pode estar errada.

Além da possibilidade de a bebida estar com algum defeito de fábrica, temos alguns outros fatores que podem influenciar nesse resultado, como por exemplo, o formato do copo. Há modelos que são feitos especificamente para a formação da espuma, enquanto que outros não.

Copo sujo é outro problema, já que sujeira ou resíduos de detergente podem atrapalhar a formação da espuma. Mas saiba que a espuma em contato com a gordura também pode sumir, por isso se você está comendo algo gorduroso ou está usando batom, saiba que no momento do contato da boca com o copo isso fará com que a espuma diminua.

Curiosidades sobre o colarinho

Separamos as curiosidades mais interessantes sobre o colarinho e sua importância para a apreciação da cerveja ou chopp. Confira:

  1. A espuma é um bom sinal de que a cerveja está perfeita para consumo. Quando não há a presença de espuma, isso ocorre, pois, ela não está bem carbonatada. Mas, isso também pode ser apenas um defeito de fábrica, erros no armazenamento ou a bebida não foi servida corretamente.
  1. O colarinho ajuda a manter a temperatura da bebida por mais tempo, uma vez que ele funciona como isolante térmico e atrasa o aquecimento da bebida.
  1. O chopp ou a cerveja, com apenas uma pequena camada de espuma, é menos suscetível a ser derramada. Saiba que apenas três milímetros do colarinho já é suficiente para impedir que a bebida caia, caso algo ou alguém esbarrar e tremer seu copo.
  1. O colarinho possui uma função protetora para a bebida, evitando que agentes externos interfiram no sabor e que o gás escape. Se a cerveja ou chopp ficarem em contato direto com o ar, ambas oxidarão mais rapidamente e, com isso, o gosto ruim virá à tona.

Então, qual a recomendação?

Caso o bar que você frequente não possua os copos com marcação, a recomendação é que você peça seu chopp ou cerveja com, pelo menos, um dedinho de colarinho, mesmo que você não seja um fã da espuma.

Com isso, você garantirá uma experiência completa, aproveitando o que há de melhor numa cerveja ou chopp.

E você, é fã de colarinho? Venha conhecer o bar Zero Grau e aproveitar do que há de melhor em chopp e cerveja, com muito ou pouco colarinho, pois quem manda é você!

compartilhe esse post